Manhoso

Tô Zerinho, Zerinho

Manhoso

Preciso tanto de arranjar uma mulher
Eu sei lá porque que é que até hoje não consegui
Isso aí não é direito, ainda estou do mesmo jeito
Do jeitinho que eu nasci

Tô zeriiiinho, zerinho

O tempo passa e eu me perco na fumaça
E desse jeito não vai dar.
Já estou ficando amarelo, não posso morrer donzelo
Eu preciso me casar

Já fiu na rua do amor, mas não gosto de favor
Isso aí não é direito
Não me canso de esperar, enquanto eu não me casar
Estou aí do mesmo jeito

Mas tô zeriiiinho, zerinho

O tempo passa e eu me perco na fumaça
E desse jeito não vai dar.
Já estou ficando amarelo, não posso morrer donzelo
Eu preciso me casar

No dia do meu casamento quero tudo 100%
Do jeitinho que eu quero
Vou querer toque de sino, botinão do bico fino
E eu vou de terno amarelo

Mas vô zeriiiinho, zerinho

O tempo passa e eu me perco na fumaça
E desse jeito não vai dar
Já estou ficando amarelo, não posso morrer donzelo
Eu preciso me casar

Preciso tanto de arranjar uma mulher
Eu sei lá porque que é que até hoje não consegui
Isso aí não é direito, ainda estou do mesmo jeito
Do jeitinho que eu nasci

Tô zeriiiinho, zerinho

O tempo passa e eu me perco na fumaça
E desse jeito não vai dar
Já estou ficando amarelo, não posso morrer donzelo
Eu preciso me casar!

Mas tô zeriiiinho, zerinho

publicidade