foto

Pé de Elefante

Mallu Magalhães

Pé de elefante
Roda gigante
Vou confiante, nada sei
Trevo da sorte
Vento de finca
Ruas de pedra, caminhei

Há quem diga que eu ainda tenho tempo
Mas não é tempo que me falta
Há quem siga pelo caminho do meio
Eu sou metade, totalmente louco, louco

Verdade, dúvida
Alto-falante
Meu coração numa cilada
Galo de briga
Pronto e operante
Voltas da vida deixam as pegadas

Há quem diga que eu ainda tеnho tempo
Mas não é tempo que mе falta
Há quem siga pelo caminho do meio
Eu sou metade, totalmente louco, louco

Há quem diga que eu ainda tenho tempo
Mas não é tempo que me falta
Há quem siga pelo caminho do meio
Eu sou metade, totalmente louco, louco
publicidade
publicidade