foto

Todas as Bandeiras

Maglore

Quando nos nascemos fomos embalados
E os mal fabricados vamos descartar
Não importa o clima ou a desavença
Tudo aqui é festa
Vamos festejar!

O tempo passa e o herói fica sozinho
Mas em qual herói vamos confiar?
Em cada beco, em cada esquina no caminho
As ruas inteiras passam a sangrar

É toda vez a gente vê que a gente morre
E a gente morre
E a gente morre
E eles põe a culpa toda na cabeça de quem tem que morrer
Mas depois tem que limpar o chão

E
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou ficar aqui!
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou

O vento há sempre de soprar com esperança
Todas as bandeiras vão se levantar!
Em cada torre derrubada no caminho
O jardim da América vai se libertar!

E toda vez que a gente morre assim, renasce
A gente renasce
E sempre renasce!
E eles não vão impedir que aconteça
Colocar a cabeça do rei na bandeja do peão

Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou ficar aqui!
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou

Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou ficar aqui!
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou ficar aqui, mas eu vou

Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou ficar aqui!
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
Eu vou, eu vou
publicidade