Luiz Caldas

Pra Praia Iaiá

Luiz Caldas

Logo cedo quando acordo
De acordo com a voz do radio
Meio dia não concorda
Meu dia está começando
Ninguém vai medir meu dia
Com essa controladoria
Tipo assim me controlando

Aguá de coco e uns acordes
Que eu sonhei noite passada
Do uns beijos na amada
Que gosta de uma gandaia
E é da cama, camarada
Veste a saia amassada
E vem comigo pra praia

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Talvez pra um picolé
Daqui dá pra ir a pé
Da praia se sente o cheiro

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Vamos assim de role
Como quem sabe que é
Tão bom não ter paradeiro

Seis horas, hora do anjo
Nossa hora nem minha moça
Vamos pensar no almoço
um lance leve ligeiro
Que a noite chama pra vida
No seu céu uma lua linda
Na terra um amor verdadeiro

Meia noite a voz do radio
Insiste que eu vá pra cama
Educada diz boa noite
E agradece a audiência
Meu amor não quer que eu caia
Nessa armadilha do mundo
Me beija a boca tão fundo
Nessa lua na praia

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Talvez pra um picolé
Daqui dá pra ir a pé
Da praia se sente o cheiro

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Vamos assim de role
Como quem sabe que é
Tão bom não ter paradeiro

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Talvez pra um picolé
Daqui dá pra ir a pé
Da praia se sente o cheiro

Pra praia Iaiá
Sentindo só por praieiro
Pra praia Iaiá
Pois nem precisa de dinheiro
Vamos assim de role
Como quem sabe que é
Tão bom não ter paradeiro
publicidade