foto

Pela Tarde

Luiz Caldas

Como é bom ser quem pede
Quem manda não abranda
Na hora de falar
Desvendar o seu mistério
Matar a sua fome
De escrever

Como é bom um cara serio
Com nariz de palhaço
Tentando matar você de rir
Sem um minimo talento
Esse pobre elemento
Quer ganhar você

Acho que não se tocou
Não sou assustador e nem vilão
Só quero passear pela tarde
No seu coração

Cheio de surpresa
De cartas na mesa
Tendo que falar
Tendo que mostrar
Apagando fogo
Assoprando a vela
Apartando briga
Querendo paz

Olhar o horizonte
Beber água da fonte
Dançar e se feliz
Irá pro meu encontro
te ver e ficar tonto de paixão
Examinar o o seu espirito
Calar e olhar o mito
De satisfação

Você não se tocou
Mas tem a chave do meu coração
Entre a hora que quiser
Venha e acabe com essa solidão

Cheio de surpresa
De cartas na mesa
Tendo que falar
Tendo que mostrar
Apagando fogo
Assoprando a vela
Apartando briga
Querendo paz

Como é bom ser quem pede
Quem manda não abranda
Na hora de falar
Desvendar o seu mistério
Matar a sua fome
De escrever

Como é bom um cara serio
Com nariz de palhaço
Tentando matar você de rir
Sem um minimo talento
Esse pobre elemento
Quer ganhar você

Você não se tocou
Mas tem a chave do meu coração
Entre a hora que quiser
Venha e acabe com essa solidão

Cheio de surpresa
De cartas na mesa
Tendo que falar
Tendo que mostrar
Apagando fogo
Assoprando a vela
Apartando briga
Querendo paz
publicidade