Ouvir músicas de Luiz Caldas

É o Bom Malandro

Luiz Caldas

Calça de veludo sapato bicolor
Terno engomado na lapela a flor
Bigodinho fino chapéu de lado
Usa brilhantina joga carteado

Dia de gafieira roupa é domingueira
E o moço é puro anjo da anunciação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação

Estica o suspensólio cheio de piscar de olhos
Ele chama a rapariga pra dança
E depois a noite inteira ainda vai trabalhar

Gravata borboleta relógio de bolso
Não usa navalha ele é um bom moço
Lá na gafieira ele tá no céu
Ouve Riachão adora Noel

Dia de gafieira roupa é domingueira
E o moço é puro anjo da anunciação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação

Estica o suspensólio cheio de piscar de olhos
Ele chama a rapariga pra dança
E depois a noite inteira ainda vai trabalhar

Calça de veludo sapato bicolor
Terno engomado na lapela a flor
Bigodinho fino chapéu de lado
Usa brilhantina joga carteado

Dia de gafieira roupa é domingueira
E o moço é puro anjo da anunciação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação

Estica o suspensólio cheio de piscar de olhos
Ele chama a rapariga pra dança
E depois a noite inteira ainda vai trabalhar

Gravata borboleta relógio de bolso
Não usa navalha ele é um bom moço
Lá na gafieira ele tá no céu
Ouve Riachão adora Noel

Dia de gafieira roupa é domingueira
E o moço é puro anjo da anunciação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação

E vai curtir em Santo Amaro da purificação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação
E vai curtir em Santo Amaro da purificação
  • publicidade