foto

Gato Siamês (feat. Xamã)

Ludmilla

Te ver chorando assim
Deixa meu coração partido
Desculpa

Vou te avisar, você corre perigo
Deitado na minha cama, sexo comigo é incrível
Pulou pro sofá com cara de quem quer continuar
Acende a blunt, assume o volante, vai, me chama pra fumar
Tá tudo bem, te deixo me fazer de refém
Mas jogo limpo contigo, sabe que é só mais um no meu harém
Não quero cometer esse crime de novo
Te fazer sofrer, te fazer chorar
E você reclamando com o povo

Eu já conhеço esse filme е você também
Mas eu sou o problema que te faz sentir tão bem
Então vem como um gato siamês
Pagando o ingresso mais caro só pra chorar outra vez
A gente se usa por hoje
E eu tô de volta daqui a um mês
(Eu vou voltar, eu vou voltar, eu vou voltar)

Hmm, já vou te avisar
Se pá eu te odeio e te amo, te beijo e te vejo blefando pra nós
Ahn, valeu por tentar
Mas hoje tem papo de trinta sentando
Mas eu ouço sua voz me chamando mais
Eu ouço sua voz
Louca, louca, tô passando mal
Faz um boca a boca
Porra, tu é fenomenal, nossa vibe é outra
Só não vem de garfo que hoje a janta é sopa
Opa, ela quer meu mal
E eu sou todo errado e minhas ideia é pouca
Opa, ela quer meu...
Toda apaixonada, que mania escrota
To love me
Vivo entre hotéis e lobbies
Lágrimas, troféus nos móveis
Seus olhos, todos os santos, todas estrelas, quase todos os OVNIs
Eu não te amo, isso é lógico
Eu tô blefando, isso é óbvio
Malak beat neurótico, ahn

Vou te avisar, você corre perigo
Deitado na minha cama, sexo comigo é incrível
Tu brinca demais
Desculpa, mas hoje eu não tenho um bom plano
Só um vinho maldito, um piano pra nós
Tá tudo bem, te deixo me fazer de refém
Mas jogo limpo contigo, sabe que é só mais um no meu harém
Quanto tempo faz
Não sei se são meses ou são anos que eu caí no baile do cigano, ó
Você me amou por engano
publicidade