Declamado:
Conheci no estado mineiro
Um casal de roceiro na região de alterosa
Tinha uma linda filha que se chamava Rita
Cabocla meiga e bonita, uma pétala de rosa
Também no sítio vizinho morava o caboclo Zé
Que na panha do café por Rita se apaixonou
E não suportando a paixão foi pedir a sua mão
Mas a Rita recusou.

Cantado:
O Zé era moço rude mas muito trabalhador
Ele tocava viola e era compositor
Com a recusa de Rita Zé sentiu a grande dor
Rita uma flor em botão a mais linda do sertão
Mas já tinha um outro amor

E o Zé sempre vivia acabrunhado nas estradas
Cantando uma canção nas noites enluarada
Era linda a melodia pelo Zé interpretada
Que falava de paixão que tinha no coração
Pela Rita a sua amada.

Mas a Rita apaixonada pelo moço Mané Bento
Resolveram se casar e marcaram casamento
Para a festa de São Pedro e ao chegar o momento
No carreador do café Rita convidou o Zé
Pra aumentar seu sofrimento

O Zé muito educado respondeu que ele ia
Mas seu pobre coração entrou em disritmia
Não suportando a paixão faleceu no outro dia
Rita fez lua de mel e o Zé foi morar no céu
Com Deus e a Virgem Maria
publicidade
publicidade