foto

Porteira Amiga

Lourenço e Lourival

Porteira que na estrada de chão
Separava o gado da plantação
Também com suas fortes batidas
Anunciava as chegadas e as partidas

Serviu também de inspiração
E já foi tema de muitas belas canções
Hoje está no esquecimento
Foi-se acabando e está quase em extinção

Porteira velha amiga
A sua história faz parte da minha vida

A coruja da porteira sente a falta
Porque a coruja la de cima do mourão
Vigiava seus filhotes pequeninos
Avisando a presença do gavião

Pelas porteiras passaram carros de boi
Hoje na estrada o transporte é o caminhão
Vai carregado de saudade e sentimento
Assim levando nossa rica tradição

Porteira velha amiga
A sua história faz parte da minha vida

A porteira foi ficando aborrecida
Porque os carros não pediam permissão
Passavam por cima de um mata burro
Levantando um enorme poeirão

Por isso elas foram se acabando
E assim apodrecendo pelo chão
Estrada velha hoje se cobriu de asfalto
Muitas porteiras se ascenderam no fogão

Porteira velha amiga
A sua história faz parte da minha vida
Porteira velha amiga
A sua história faz parte da minha vida
publicidade
publicidade