Lobão

Canos Silenciosos (Ao Vivo)

Lobão

Aleluia!
Onda na madrugada, o silêncio da batida
Tá todo mundo se aplicando pra festa,
Pra chegar na festa bem aplicadinho
Movimento na esquina, todo mundo entra, todo mundo sai;
Sexo, drogas, rock'n roll, adrenalina;
Diversões eletrônicas num poderoso wi-fi

A noite tá no sangue de hoje
Deixa a noite rolar
A noite tá no sangue de hoje
Deixa a noite rolar

Sujou!
Canos silenciosos, nervosa calmaria
Quando todo mundo pensava que ia se divertir pra cá
É bem aí que o pânico todo se inicia
Correria na esquina
Ninguém mais entra, ninguém mais sai
Homens, fardas, cassetetes e camburões
Abusando da lei com suas poderosas credenciais

A noite tá no sangue de hoje
Deixa a noite rolar
A noite tá no sangue de hoje
Deixa a noite rolar
publicidade