foto

Bagaço (part. Nengo Vieira)

Lázaro

O inimigo quase me roubou de Deus
Falsas alegrias e falsas vitórias, falsas glórias
E como um pedaço de cana ele me mastigou
E em bagaços me arrastei até a igreja
Onde encontrei Jesus

Jesus Cristo
Jesus Cristo

A fumaça da maconha alucinou-me
E a coisa branca arrastou-me até a miséria
Foi sim
Tudo o que era bom "de mim se afastou"
Então resolvi pôr fim a minha história
Eu decidi morrer

Foi quando um bom homem me falou de Deus (meu Deus, meu Deus, meu Deus)
De um amigo que resolveria meus problemas
Foi quando um bom homem me falou de Deus
De um amigo que resolveria meus dilemas

Ele me falou de Jesus
Jesus Cristo
Jesus Cristo
Jesus Cristo
Jesus Cristo

Ele deu-me o poder para vencer o pecado
Tem misericórdia de mim, oh, Meu Deus!
Meu Deus (4x)
publicidade