Lagum

Lagum

Rock

Chegou de Manso

Lagum

Chegou de manso, falou que curtiu o meu balanço
E se amarrou o jeito que eu danço, ela mente o tempo todo mas não me canso nunca
Faço, tudo que ela me pedir eu faço, café na cama, amarrar o cadarço
Nessas coisas de amor eu sou fraco, mano eu sou
Ela fala que a gente fala pouco sempre me põe no sufoco, vira a casa e me deixa louco
Mas eu curto o jeito que ela reclama, eu reclamo e ela ama me chamando pra ficar na cama

Ai, eu sempre quero mais
Quando eu quero ela não quer mais
É aí que eu quero mais
Mas tá difícil, né né né

Já “tô” com ranço, quando ela me liga eu nem balanço
E se ela não me liga, eu ligo e torço pra que me atenda com olá, bom dia amor
Eu passo, não posso ver uma raiva que eu passo
Não te aguento isso é um fato, te amo agora acho que sou bipolar, eu sou
Ela fala que a gente fala pouco sempre me põe no sufoco, vira a casa e me deixa louco
Mas eu curto o jeito que ela reclama, eu reclamo e ela ama me chamando pra ficar na cama
Ai, eu sempre quero mais
Quando eu quero ela não quer mais
É aí que eu quero mais
Mas tá difícil, né

Não me leve à mal porque eu não levo ninguém
À sério, é sério
Eu cheio de humor e você sempre tão calada
Não quero mistério uhhhhhh
uhhhhhh
uhhhhhh
uhhhhhh

Ai, eu sempre quero mais
Quando eu quero ela não quer mais
É aí que eu quero mais
Mas tá difícil, né

Ai, eu sempre quero mais
Quando eu quero ela não quer mais
É aí que eu quero mais
Mas tá difícil, né

Ai, eu sempre quero mais
Quando eu quero ela não quer mais
É aí que eu quero mais
Mas tá difícil, né
  • publicidade