foto

Imaginação

Kiko Zambianchi

O homem está sempre a mercê da sorte
Mas, não perde orgulho quando tem vitória
Esperam no mundo uma nova chance
Despertam os sóis nos horizontes
São Paulo não escuta o lamento é em vão
Nossas horas são curtas para o coração
Os carinhos sempre me fogem
E as meninas não me entenderão
Então minha mente me chama
Pra imaginação longe daqui
pra imaginação longe.
publicidade