foto

Que Delícia

Karol Conka

Yeah...

Que delícia logo cedo você me dando bom dia,
Lábios na minha nuca enquanto sua mão me acaricia.
Fecho os meus olhos mergulho por inteira no clima,
Respeito e malícia juntos é química na medida.

Sussurrando me diz coisas que gosto de ouvir,
Sou rainha exclusiva e você tá aqui pra me servir.
Não quero ter o trabalho de ter que ai te pedir,
Sem preguiça tenta desvendar que te faz progredir.

Me mostra o que sabe fazer se eu não gostar vou te dizer,
Sem medo de ser feliz, sem medo de se envolver.
Massageia meu ego conforme rola o proceder,
Sou uma caixa de surpresas, te ajuda a desenvolver.

Você me tem mas sou eu quem tá no comando.
Vou mais além, nem vêm se tiver se limitando.
Por enquanto eu tô gostando, continuo analisando,
Meu comportamento demonstra que eu to te aprovando.

Dá o que eu mereço sem hesitar
Capricha no começo pra firmar
Mostra o que tem pra me oferecer
Se eu achar que tá bom vai permanecer (2x)

Chega apavora, descarta a idéia de embora.
Se o telefone tocar simplesmente a gente ignora.
Sintonia garantida ouvindo a trilha sonora.
Quase perco o juízo, tá delícia, tá da hora.
É disso que eu tô falando, sei que você tá entendendo,
Pode vim quente esbanjando todo seu talento.
Não me subestime acabo te surpreendendo,
Sou inédita, com o tempo vai aprendendo

Bebida fina pra da um grau, fica bem diferente.
Isso é sensacional,esquema pra experiente.
Direcionando com classe o que te pertence,
Disposta a dominar a qualidade que te convence.
Absolutamente compatível, auto nível,
Em outra língua posso te dizer que sou terrível.
A intenção é visível, irresistível.
Habilidades que tornam momentos insubstituível

Dá o que eu mereço sem hesitar
Capricha no começo pra firmar
Mostra o que tem pra me oferecer
Se eu achar que tá bom vai permanecer (2x)

Vai permanecer ... (4x)
Eh eh eh eh

Dá o que eu mereço, capricha no começo
Dá o que eu mereço uh uh uh uh

Que delícia...

Terminou?
Agora lava a louça ah ah ah

publicidade
publicidade