Vida É Arte

Jorge Vercillo

Pretendo ainda te olhar
como a primeira vez
Como quem olha pro amor
Que ainda não tem
Talvez até Colombo
Buscasse descobrir
No além do além
Não um novo mundo por vir
Mas os mares profundos de alguém

Planejo assim me jogar
Pelas asas da vez
Como quem sonha em voar
E ainda não o fez
Rimando mar com rio
Caminho dentro em mim
Se Drummond fez assim
Vou erguer um castelo ao amor
Com as pedras de por onde eu vim

Mais do que fazer
A mágica da arte está em olhar
Mesmo esta canção
Sem ninguém pra
Ouvir, Que fim terá ?

Mais do que entender
Me deixa perceber,
Sentir tua luz
Mesmo sem saber
Me leva até Gaudi,
Miró, Toulouse...
Telas e telas Portinari
Aura amarela de Van Gogh
Vê como o amor ganha formas Noir ...
Sempre fui eu a imaginar-te
O tempo todo a te inventar
Tal como a flor,
A beleza está no olhar
Está nos olhos de quem vê
  • publicidade