Eu Quero a Verdade

Jorge Vercillo

Seja convincente,
Se é pra dizer que me ama,
Eu quero a verdade na voz
Seja convincente,
Ninguém mais aceita mentira,
Eu quero a verdade pra nós

Não quero saber
Pra quem anda ligando ou pegando na rua
Mas não vou lhe deixar se cegar ao amor que existe em nós
Se a gente está junto até hoje,
Foi o amor que pesou na balança

Que fez a gente seguir
Por ter algo bonito em que acreditar
Me dá forças até pra esquecer
Quando eu vi mensagens no seu celular

Seja convincente,
Se é pra dizer que me ama,
Eu quero a verdade na voz
Seja convincente,
Ninguém mais aceita mentira,
Eu quero a verdade pra nós

Eu vivo no Rio de Janeiro,
Refém da violência nas vendas de drogas
Me explica a quem lá no fundo
Interessa a situação
Na África, o papa condena o aborto e a camisinha
Me explica de onde viemos, explica!

O Terceiro segrego de Fátima, explica!
Explica a nossa apatia,
Ao ver a Amazônia inteira acabar
Me conta a quem realmente interessa a situação.
Pois, quando as cortinas caírem
Tão já, virá nossa iluminação

Seja convincente,
Se é pra dizer que me ama,
Eu quero a verdade na voz
Seja convincente,
Ninguém mais aceita mentira,
Eu quero a verdade pra nós

Eu quero a verdade nos olhos,
Eu quero a verdade na voz!
Hey, eh! Hey, eh!
Ninguém mais aceita mentira
Eu quero a verdade pra nós


Album: Como diria Blavatsky (2012)
Gravadora:
Ano: 2012
Faixa: 5
  • publicidade