Jorge e Mateus

Jorge e Mateus

Sertanejo

Espelho

Jorge e Mateus

Baby as palavras estão mudas
As conversas tão vazias
As explicações são vagas
Só eu sei como eu queria falar do meu amor
Abertamente sim, ir até o fim

Só eu conheço a dor
De não acreditar, que mereço ser feliz

Como num espelho te olhando vejo
O meu próprio medo minha indecisão
Mesmo te amando não estou seguro
Será que é verdade ou uma ilusão

Seria tao bom só eu e você
Mais te faço sofrer
E é sem querer
Eu fujo da dor
Eu tenho pavor
Da solidão
Me perdoa coração.



Album: Ao Vivo Sem Cortes (2009)
Gravadora: Universal
Ano: 2009
Faixa: 27
  • publicidade