Faz de conta que eu sou o mar corre pra mim
Faz de conta que tu és um rio corre pra mim
Faz de conta que eu estou na água
distante das bordas
Faz de conta que tu és um barco me atira a corda
Dá a mão a quem precisa tanto de carinho
Dá a mão a quem te necessita sem parar
Sem demora vê se corre pra mim, fico aqui a te esperar
Faz de conta que eu sou o mar

Faz de conta que eu sou a noite, brilha pra mim
Faz de conta que tu és o sol, brilha pra mim
Faz de conta que eu sou o vento soprando lá fora
Faz de conta que eu sou uma folha me leva embora
Dá a mão a quem precisa tanto de carinho
Dá a mão a quem te necessita sem parar
Sem demora vê se corre pra mim, fico aqui a te esperar
Faz de conta que eu sou o mar (bis)
publicidade
publicidade