Joanna

Pelos Caminhos De Abril

Joanna

No rumo da estrela Dalva
Pelos caminhos de abril
Minha doce namorada
Me deu adeus e partiu
Meu coração fez silêncio
No peito da madrugada
Querendo escutar os passos
Levianos de minha amada
O sereno serenou
Veio a brisa marinheira,
Dizendo que ela se foi
Me levando a vida inteira
O vapor de cachoeira não navega mais no mar
Arriba a prancha toca o bunzo nós queremos vadiar
publicidade