Joanna

Neblina

Joanna

Não sei se é por aí
Que devo caminhar
Só sei que me perdi, agora é tarde pra chorar
Não sei se mergulhei profundo na ilusão
Ou se fantasiei demais meu coração
Saudade pode ser que vá me incomodar
Mas pra te perdoar é muito cedo
Preciso de um tempo, um tempo pra apagar
As manchas que ficaram na neblina do olhar

Eu sei que a solidão vai se deitar na minha cama
E o sono vai fugir de mim feito um cigano
E o telefone vai estar ao meu alcance
E por um fio a emoção de acreditar
Que deveríamos tentar mais uma vez

Eu sei que outra vez seria novamente engano
E a marca que a dor deixou na minha alma
Não se apaga com palavras de perdão
Talvez com o tempo eu vá dizer
Até que enfim eu esqueci você
publicidade