Joanna

Flor Do Brasil

Joanna

Olha o vento, olha a chuva, olha o temporal
Sinta o frio que deixou o vendaval
Vejo o tempo que passa na correnteza
Vejo a lua morena que no céu veleja
Vejo o rio que passa na natureza
Colhe as flores da terra que gentileza
Olha o rio Amazonas indo a fora
Desaguando no mar numa pororoca
Olha o brilho nos olhos do país
Olha a gente contente rindo feliz
Olha o fogo cruzado sem diretriz
Olha a raça, olha a dança do Brasis
Olha o samba, olha o frevo, o maracatu
Olha o baião de dois, olha o tutu
Olha o quente, olha o frio vatapá
Olha o brilho nos olhos do tucupi
Olha a gente contente no acarajé
Olha o fogo calado no tacacá
Olha o vento, olha a chuva, olha a correnteza
Desaguando no mar do Amazonas
Olha o brilho nos olhos do país
Olha a gente contente sem diretriz
Olha o fogo cruzado Olha o verso escondido que eu não fiz
publicidade