Joanna

Está Na Pele

Joanna

O meu choro se disfarça
Como a chuva na vidraça
Na janela a minha ilusão
Que se quebra em mil pedaços
E eu me corto nesse cacos
Espalhando a vida pelo chão
Coração,
Bate forte quando o telefone não responde
Coração,
O verdadeiro amor é uma dor que não se esconde

Tá na pele a marca da paixão
Nesse fogo eu coloco a minha mão
Pra sentir a alma arder nesta saudade
Que não se apaga mais
Que não se apaga nunca mais

E enquanto o tempo passa
Mais a gente aprende a farsa
De fingir que curte solidão
No olhar a chuva fina
Lágrimas que não terminam
De escrever os traços da emoção

Coração...
publicidade