Joanna

Bola Azul

Joanna

Eu vi a terra
Em uma fotografia
Comparei com égua prenha
Dando cria em pleno céu
E alguém me disse
Que é aqui que a gente mora
Se é verdadeira essa estória
Égua está amargando fel
Igual a bela menina da vizinhança
Que está sofrendo a amargura do bordel
Se isso é verdade
Eu sou seu filho,e não seu dono
Isso está tirando o sono
De um homem simples como eu
Bola azul,
Terra mais nobre que o ouro
Estão te arrancando o couro
Pra vender não sei pra quem
Bola azul,
Estão te metendo o malho
Te perdendo num baralho
Sabe lá, meu deus, pra quem
Mal comparando essa linda fotografia
Me parece inté maria engravidada de jesus
E quando eu comparei com égua dando cria
É que me faltava guia
É que me faltava luz
Mas se é verdade que é aqui que a gente mora
Eu sempre cuidei muito bem disso aqui
E, além do mais,
Sou lavrador, nunca fui dono
Nada vai me tirar o sono
Vou chorar
Mas vou dormir
publicidade