foto

Sa-Ma-Ra - Samandhi

Jay Vaquer

Bem nos meus olhos a visão
Vem pra destinguir direito
Fica na nossa ficção
A lembrança do que foi perfeito
Justo quando era mais autêntico
Praticamente idêntico
A tudo que eu já fui capaz de inventar

Leve impressão
De que tudo entao
Faz mais sentido
Quiçá amar em seu nome
Vou na contra-mão
De quem diz que não
É permitido
Desejar alguém assim

Sigo seus passos
Falta o chao e o caminho cercado
Sobras da nossa encenação
E o certo do que não foi provado
Justo quando era mais autêntico
Praticametne idêntico
A tudo que eu já fui capaz de inventar
publicidade
publicidade