foto

Impressões

Jay Vaquer

Fecho as portas
Olhos e sentidos se perderam
Espelho que reflete pouco
Vem você e
Na boca o gosto do dizer
Da janela ficam espiando
E é só sufocar um pouco
Dão valor pro ar

Eu disse como vai você
Eu disse, lembro de você...

Talvez seja o início de uma fase
Que ainda não aconteceu
Um sopro no vazio da vida
Quem ainda não vive
Como queria, como teria?
O que dirá divagando “devagar e sempre”
Indo pra algum lugar...

Talvez seja o inicio de uma fila
Caso eu canse, guarde meu lugar
A sonora presença debochada de
Seu jeito me move
Como sentia, cometeria
O absurdo abstrato tá na sua mente
Justo onde deve estar

publicidade
publicidade