Ivan Lins

Qualquer Dia

Ivan Lins

Nessa calma sertaneja
De quem sabe o que fareja
Eu te encontro qualquer dia
Eu te encontro qualquer dia

Já conheço os teus rastros
Já comi no teu prato
Já bebi tua cerveja
Eu conheço o teu cheiro
Eu te encontro qualquer dia
Ah! Eu te encontro qualquer dia

Logo quem me julga morto
Me esquecendo a qualquer custo
Vai morrer de medo e susto
Quando abrir a porta
publicidade