Ivan Lins

O Céu Mudou

Ivan Lins

Meus olhos foram pro rio
Querendo dar-te vapor
O fogo pedia lenha
Seu corpo mais cobertor

Meus versos foram pra rua
Na boca de um cantador
Chovia luz trovoada
Que nem meu galo cantor

Ohhhh, o céu mudou
Ohhhh, pro interior

Meu arco-íris na mala
Junto com os lápis de cor
Bahia lacrimejando
Nos olhos do meu amor

Meu terno branco de linho
Meu lenço feito de flor
Não tinha trem nem bom tempo
Não foram pra Salvador

Ohhhh, o céu mudou
Ohhhh, pro interior

Meu terno branco de linho
Meu lenço feito de flor
Não tinha trem nem bom tempo
Não foram pra Salvador

Ohhhh, o céu mudou
Ohhhh, pro interior
publicidade