Ivan Lins

Novo Tempo - Fim De Ano

Ivan Lins

No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos crescidos, estamos atentos,
Estamos mais vivos, pra nos socorrer,
Pra nos socorrer, pra nos socorrer

No novo tempo, apesar dos perigos
Da força mais bruta, da noite que assusta,
Estamos marcados, pra sobreviver,
Pra sobreviver, pra sobreviver

Pra que nossa esperança
Seja mais que vingança
Seja sempre um caminho
Que se deixa de herança

No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos em cena, estamos nas ruas,
Quebrando as algemas, pra nos socorrer,
Pra nos socorrer, pra nos socorrer

No novo tempo, apesar dos perigos
A gente se encontra cantando na praça,
Fazendo pirraça, pra sobreviver
Pra sobreviver, pra sobreviver

Pra que nossa esperança
Seja mais que vingança
Seja sempre um caminho
Que se deixa de herança

Adeus, ano velho
Feliz ano novo
Que tudo se realize
No ano que vai nascer
Muito dinheiro no bolso
Saúde pra dar e vender (3x)

No novo tempo!




publicidade