Ivan Lins

Minha História

Ivan Lins

Fiz do amor meu par, meu par
Libertei o meu viver
Minha amada em minha mão
Pra de noite me aquecer

Eu parti, caminhei
Por caminhos tão distantes
Fiz da vida um só instante
E nem mesmo as pedras do meu chão
Não mudaram a minha estrada
Pois o amor ia em minha mão

Fiz do amor meu mar, meu chão
Meu chegar e meu viver
Minha amada em minha mão
Pra de noite me aquecer

Eu parti, caminhei
Longe léguas, longe estradas
Longas noites, madrugadas
Mas em qualquer canto e como for

Minha vida é a minha história
Minha vida é a minha história
Minha glória é viver de amor
publicidade