Ivan Lins

Andorinhas

Ivan Lins

Andorinhas, andorinhas
Que vieram por encanto
Pousaram na minha terra
Vindo tristes outros campos
Já tinha o manto escuro
Mas o peito inda era branco

Andorinhas, andorinhas
Já sabiam o seu destino
Pois cantar, nunca cantaram
E um dia se arribaram
Dizem que estão de luto
Num silêncio absoluto

Quando o homem perde a terra
Onde se semeou a vida
Perde tudo o que mais tinha
Perde tudo e segue junto
Com as andorinhas
publicidade