foto

Moral da História (Ao Vivo)

Israel e Rodolffo

Era uma vez uma gaiola prata
Que tinha dentro um passarinho que cantava
Mas depois que ele cantava, ele se lamentava no ombro da gaiola
Pensando que era feliz lá dentro, mas podia ser bem mais lá fora
E a gaiola contrariada abriu a porta
E falou "Bate asas, mas esquece o caminho de volta"
E o passarinho então voou, voou, voou
E a tal felicidade ele nunca encontrou

Moral da história
O passarinho era eu
E ela era a gaiola
Bateu arrependimento
Porque tinha outro passarinho na gaiola com ovinho dentro
Ninguém tá feliz com o que tá tendo
Quem casa quer ficar solteiro e quem tá solteiro quer um casamento

Era uma vez uma gaiola prata
Que tinha dentro um passarinho que cantava
Mas depois que ele cantava, ele se lamentava no ombro da gaiola
Pensando que era feliz lá dentro, mas podia ser bem mais lá fora
E a gaiola contrariada abriu a porta
E falou "Bate asas, mas esquece o caminho de volta"
E o passarinho então voou, voou, voou
E a tal felicidade ele nunca encontrou

Moral da história
O passarinho era eu
E ela era a gaiola
Bateu arrependimento
Porque tinha outro passarinho na gaiola com ovinho dentro
Ninguém tá feliz com o que tá tendo
Quem casa quer ficar solteiro e quem tá solteiro quer um casamento

(Obrigado! Valeu demais!)
publicidade
publicidade