Tarde Em Itapoã

Gilberto Gil

Um velho calção de banho
Um dia prá vadiar
O mar que não tem tamanho
E um arco-íris no ar...

Depois, na Praça Caymmi
Sentir preguiça no corpo
E numa esteira de vime
Beber uma água de côco
É bom!...

Passar uma tarde em Itapuã
Ao sol que arde em Itapuã
Ouvindo o mar de Itapuã
Falar de amor em Itapuã...(2x)

Enquanto o mar inaugura
Um verde novinho em folha
Argumentar com doçura
Com uma cachaça de rolha...

E com olhar esquecido
No encontro de céu e mar
Bem devagar ir sentindo
A terra toda rodar
É bom!...

Passar uma tarde em Itapuã
Ao sol que arde em Itapuã
Ouvindo o mar de Itapuã
Falar de amor em Itapuã...(2x)

Depois sentir o arrepio
Do vento que a noite traz
E o diz-que-diz-que macio
Que brota dos coqueirais...

E nos espaços serenos
Sem ontem nem amanhã
Dormir nos braços morenos
Da lua de Itapuã
É bom!...

Passar uma tarde em Itapuã
Ao sol que arde em Itapuã
Ouvindo o mar de Itapuã
Falar de amor em Itapuã...(2x)

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Aquele Abraço
  • 02 Palco
  • 03 Objeto Ainda Menos Identificado
  • 04 A Mão Da Limpeza
  • 05 A Paz (Leila IV)
  • 06 Quilombo, O El Dorado Negro
  • 07 Se Eu Quiser Falar Com Deus
  • 08 Ele Falava Nisso Todo Dia
  • 09 Beira Mar
  • 10 Rio Eu Te Amo (Ao Vivo)