Copo Vazio

Gilberto Gil

É sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar

É sempre bom lembrar
Que o ar sombrio de um rosto
Está cheio de um ar vazio
Vazio daquilo que no ar do copo
Ocupa um lugar

É sempre bom lembrar
Guardar de cor
Que o ar vazio de um rosto sombrio
Está cheio de dor

É sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar

Que o ar no copo ocupa o lugar do vinho
Que o vinho busca ocupar o lugar da dor
Que a dor ocupa a metade da verdade
A verdadeira natureza interior
Uma metade cheia, uma metade vazia
Uma metade tristeza, uma metade alegria
A magia da verdade inteira, todo poderoso amor
A magia da verdade inteira, todo poderoso amor

É sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar

Envie essa música para um amigo

Gil Luminoso
Album: Gil Luminoso
Gravadora: Geleia Geral
Ano: 2006
Faixa: 3
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Palco
  • 02 Objeto Ainda Menos Identificado
  • 03 A Mão Da Limpeza
  • 04 A Paz (Leila IV)
  • 05 Quilombo, O El Dorado Negro
  • 06 Se Eu Quiser Falar Com Deus
  • 07 Aquele Abraço
  • 08 Neve Na Bahia
  • 09 Kaya N'Gan Daya (Kaya)
  • 10 Desde Que O Samba E Samba