Aquele Frevo Axé

Gal Costa

Que fazer?
Meu pensamento está preso àquele carnaval
Volto a pisar este chão
Enceno um drama banal
Tento refazer a trama
Mas o desfecho é igual
E você?
Será que canta calada aquele frevo axé
Que não me deixa dormir
Ou terá perdido a fé
No que ficou prometido
Sem nos falarmos sequer

Meu amor
Ando na praça vazia e espero o sol se pôr
Vejo o clarão se extinguir
Por trás da mão do poeta
Nosso amor não vai sumir
Veja onde a gente se achou
Estrelas já vão luzir
Na noite da Bahia preta
Queria tanto você aqui



Album: Aquele Frevo Ax (1971)
Gravadora:
Ano: 1971
Faixa: 3
  • publicidade