Aguarte Agora

Gal Costa

Oceano de agora
Quero sim aguarte agora
De onde vens com essas ondas
Essa vinda é de dar onda

Mar que é de levar
Mar que é de guardar
Para história o que for lenda
Mar que é de levar
Mar que é de guardar
Diz a ela que ela lembra
Em areia estou grão
Sei içar do mar
Sob as pedras que serena
Onde a sereia cantar
Canta minha sereia, venta canção de amor
E o sol é quem bronzeia em todo o seu esplendor
Vem cá minha sereia me diz o que é o amor
E guie minha Bahia pela idade do som

Ilê Olodu Marê, Ilê Timbalada
Ilê Araquetu ê, e tudo que for patuscada
E tudo que for patuscada, e tudo que for patuscada
E tudo que for patuscada


Album: Aquele Frevo Ax (1971)
Gravadora:
Ano: 1971
Faixa: 7
  • publicidade