foto

Vem Pra Mim - Oitava Cor

Fundo de Quintal

Ilala laiala....ilala,laia,laia Ilala, laia,laia

Pode ser... um falso amor
Pode ser... que só me traga dor
Pode até... meu peito machucar
Que mesmo assim eu vou te amar
Eu vou te amar,

Te querer ... me faz me sonhar
Te olhei... e quis me entregar
E me entreguei Sem medo de me arrepender
Pra mim só existe o carinho que vem de você
E me entreguei Sem medo de me arrepender
Pra mim só existe o carinho que vem de você

Vem pra mim Que eu quero ser feliz
Te fazer viver em paz

Eu quero ser teu protetor
Te dar calor e muito mais
Só quero poder te dar calor
Te fazer amor como ninguém faz

Beijar teus cabelos teus lábios de mel
E nos meus carinhos te entregar o céu
Beijar teus cabelos teus lábios de mel
E nos meus carinhos te entregar o céu

Mais é muito mais
Que o calor de uma fogueira
Que os vendavais, que abalam as
Cordilheiras
Pois entre nós o amor não é de
Brincadeira, viu
É ter a mão, fruta de pé, no fundo de
Quintal
Não é a emoção, das nuvens de
Algodão
Que vem e logo vão, é muito mais
E os carnavais, não acabam quarta-feira
Os nossos ais, se perderam na poeira
Pois entre nós, o amor não é de
Brincadeira, viu
É a canção de amor e fé de um
Mundo sem igual
Aquela emoção inteira
Pois é assim o nosso amor
No arco-íris a oitava cor
O presente ao céu, supra sumo do mel
Acalanto, me faz dormir em paz
Pedra preciosa, enfim que Nos achou
E ficou mais rica com o nosso amor
O divino troféu para o menestrel
Quer é cantar o amor, quer mais
E os carnavais, não acabam quarta-feira
Os nossos ais, se perderam na poeira
Pois entre nós, o amor não é
Brincadeira, viu
É a canção de amor e fé de um
Mundo sem igual
Aquela emoção inteira
Pois é assim o nosso amor
Um arco-íris alegrava a cor
O presente ao céu, supra sumo do mel
Acalanto, me faz dormir em paz
Pedra preciosa, enfim que Nos achou
E ficou mais rica com o nosso amor
O divino troféu para o menestrel
quer cantar o amor, quer mais
publicidade