foto

Merece Respeito - Miudinho Meu Bem, Miudinho

Fundo De Quintal

Nosso samba é mais forte resiste
Mas há o que insiste em dizer que acabou
Diz também que é coisa do passado
Artigo esgotado, coisa sem valor

Há quem goste e finge que não gosta
E samba pelas costas
Pra não dar o braço a torcer
Há o que sente que o samba é quente
Samba com a gente até o amanhecer

Nosso samba é mais forte resiste
Mas há o que insiste em dizer que acabou
Diz também que é coisa do passado
Artigo esgotado, coisa sem valor

Há quem goste e finge que não gosta
E samba pelas costas
Pra não dar o braço a torcer
Há o que sente que o samba é quente
Samba com a gente até o amanhecer


Ê ê ê
Nosso samba merece respeito
É mais do que obra prima ou filosofia
Emoção pra valer

O samba é alegria, amor e poesia
Que embala o povo a sonhar
Sempre a sonhar

O samba me acalma
É luz que envolve a alma
O show tem que continuar(2x)

Lalaia lalaia, lalaia lalaia lalaia
O show tem que continuar
Lalaia lalaia, lalaia lalaia lalaia
O show tem que continuar...


Pisa manso nessa dança pedaço de mal caminho
Faz passinho de criança e balança com carinho
Que vale um vintém

Miudinho, meu bem, miudinho
Balança com muita elegância
Na dissonância do meu cavaquinho
Meu bem, miudinho, meu bem
Sem tirar o pé do chão
Vem cantando o refrão, vem abrindo o caminho

Eu que sou filho de Dora rainha
do frevo e do Maracatu
Cai num fandango adora um fricote
Se rala num xote, baião e Lundu

Seu bisavô que era o rei da embolada
Quis armar uma cilada pro seu primo de Xerém
Maior calangueiro do rio de janeiro
Pintou no terreiro não deu pra ninguém então vem

Essa dança não é afoxé bate mão bate pé
Pra ficar bonitinho, meu bem
Miudinho, meu bem, miudinho

Bole bole que eu sei que não é mole
Afunfá um fole nesse miudinho meu bem
Miudinho meu bem.

Miudinho meu bem miudinho...
publicidade