foto

Coisa de Partideiro / Eu Não Quero Mais (Ao Vivo)

Fundo de Quintal

É bom cantar numa roda de samba
Onde só gente bamba sabe versar
Vem sambar sinhô vem sambar sinhá
Até o dia clarear

Quando o sangue incendeia eu lembro Candeia
Que sempre ensinou
Que o partido alto é pra ser cantado em verso de amor
Quem não traz no fundo do peito guardado com jeito uma grande paixão
Na hora do samba versado que fique de lado e aprenda a lição

Pra quem não vê o samba com garra
Dona Yvone Lara vive pra contar
Que no Império lá em Madureira Silas de Oliveira cansou de mostrar
No enredo samba de terreiro com mestre Fuleiro foi sempre emoção
Na hora do samba versado quem ficou de lado aprendeu a lição

Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não

Minha nega é maneta
E além de maneta é cega de um olho
É cega de um olho, tem pouco cabelo
E no pouco cabelo carrega piolho
Se passar na rua Uranos
Olha pro lado direito
É a casa de um Cacique
Que é uma casa de respeito

Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não
publicidade