foto

Por Teu Amor

Francisco Alves

Ordena, fala, insinua
Diz o que queres de mim
Jardineiro da amargura
Eu tenho um triste jardim

As rosas nascem na mágoa
Só estas posso colher
Banhadas sempre na água
Do pranto do meu viver

Outras mulheres no meu cantar
Pensam que é delas a minha dor
Mas se tu queres manda calar
Tudo que eu canto por teu amor

Só nesta valsa eu te diria
Como é tão falsa minha alegria
Como é mentira o meu cantar
Quando o teu nome vivo a ocultar

Só nesta valsa eu te diria
Como é tão falsa minha alegria
Como é mentira o meu cantar
Quando o teu nome vivo a ocultar
publicidade
publicidade