foto

Alô Testando o Som / Natiruts Reggae Power

Fiduma e Jeca

Alô, alô, teste, testando o som, ei, ei, ei

Sempre reclamou de mim
Que eu nunca fui do tipo romântico com você
Que eu nunca fui bater na sua porta com buquê
Mas resolvi surpreender
Lembrei que eu cantava e tocava violão

Tava empoeirado, jogado no chão
Faltando uma corda e não pegava afinação
Tenho uma caixinha no porão
Dá pra fazer um som

E você nem vai acreditar que eu vou cantar pra você
Uma serenata improvisada com uma caixa amplificada
E o microfone não testei

Alô, alô, teste, testando o som
Ei, ei, ei, eu te amo, eu te amo oh oh, oh oh
Alô, alô, teste, testando o som
Ei, ei, ei, eu te amo, eu te amo oh oh, oh oh

Alô, alô, teste, testando o som
Ei, ei, ei, eu te amo, eu te amo oh oh, oh oh
Alô, alô, teste, testando o som


Quando a noite cair e o som
Te trazer algum sonho bom
E fazer tudo transcender
Tristeza vai sumir
E ninguém vai sofrer

Sintonize sua vibração
Não há tempo pra viver em vão
E não pense mais em desistir
Existe um mundo que só quer te ver sorrir

Não chora
A nossa vida é feita mesmo para se aprender
E agora
É hora de tentar se libertar, não vai doer

Deixe a energia do som te levar
A vibe positiva solta pelo ar
Quem sente com a alma
É capaz de amar
Tá sempre livre pra cantar

Ooh
Natiruts reggae power chegou
Ooh
Transformando toda noite em amor
Bum, bum

Ooh
Natiruts reggae power chegou
Ooh
Transformando toda noite em amor
Bum, bum

Ooh
Natiruts reggae power chegou
Ooh
Transformando toda noite em amor
Bum, bum

Ooh
Natiruts reggae power chegou
Ooh
Transformando toda noite em amor
Bum, bum
publicidade