Do Inferno Ao Paraíso

Fernando e Sorocaba

Eu dou minha vida para nunca mais te perder.
Todo dia agora quero amar bem mais você.
Eu espero que você me entenda dessa vez não chora, não chora.
O nosso passado é uma lição

Eu já me perdi pelos caminhos dessa estrada.
Capotei na curva acelerado sem freada.
Fui pro hospital sentindo dor dentro do coração, oh não.
A dor do amor não tem saída, oh vida.
A cura dessa dor está nas suas mãos.

Vai passar, só o tempo vai te mostrar.

Mas sabe amor estou arrependido,
Às vezes do inferno é que se enxerga o paraíso.
Infelizmente eu tive que errar pra acertar.
Essa vida é muita louca.
Mas beijando a sua boca, encontrei o meu lugar.



Bala de Prata
Album: Bala de Prata
Gravadora: F&S Produções Artísticas ltda.
Ano: 2008
Faixa: 16
  • publicidade