foto

Enquanto Eu Chorava

Fernanda Brum

Quanto eu chorei derramado aos Teus pés
Quanto eu clamei, meu Senhor
Na adoração que eu fazia em meio à dor
O Teu coração me ouviu
Muitos não entendiam
A razão de eu insistir assim
É porque eu sentia que Deus de mim cuidava
E em mim gerava um sonho bom
Bem maior...

Quando eu chorava e me derramava
Deus livrou-me da amargura, liberou o milagre
Alta madrugada, fui agraciada
Eu vi Tua mão agir
Teu zelo e Teu amor por mim...

Aprendi que tudo belo Tu fazes
Em seu tempo (em seu tempo)
Toda afronta e humilhação
Não se comparam com a glória
Que há de ser revelada a mim...
publicidade