foto

Fetiche (feat. Alexandre Pires)

Felipe Araujo

Eu juro que não tô exagerando, mas já tô a ponto de endoidar
A saudade tá pegando no meu pé, e você sabe como é ficar
Longe do gosto do seu beijo, meu queixo longe do seu queixo
É tortura

Quando me deixa esperando no sofá da sala
Minha boca fecha e a vontade fala
E fala muito alto
Dá eco lá no quarto

E qualquer barulho, o bobão aqui
Já vai na porta achando que é seu carro

Uh, você me tortura, eu gosto
Se me nega fogo, eu quero muito mais
Covardia
Sacanagem o que você faz

Uh, gosta de testar meu corpo
De me deixar no sufoco
Admite
Minha agonia é o seu fetiche

Iê-iê, iê-iê, iê-iê, iê-iê
Iê-iê-iê-iê-iê
Iê-iê, iê-iê

Quando me deixa esperando no sofá da sala
Minha boca fecha e a vontade fala
E fala muito alto
Dá eco lá no quarto

E qualquer barulho, o bobão aqui
Já vai na porta achando que é seu carro

Uh, você me tortura, eu gosto
Se me nega fogo, eu quero muito mais
Covardia
Sacanagem o que você faz

Uh, gosta de testar meu corpo
De me deixar no sufoco
Admite
Minha agonia é o seu fetiche

Você me tortura, eu gosto
Se me nega fogo, eu quero muito mais
Covardia
Sacanagem o que você faz

Uh, gosta de testar meu corpo
De me deixar no sufoco
Admite
Minha agonia é o seu fetiche

Iê-iê, iê-iê, iê-iê, iê-iê
Iê-iê-iê-iê-iê
Iê-iê, iê-iê
publicidade
publicidade