Verso De Bolero

Fagner

Vejo tua boa com desejo
Teus olhos com cuidado
De quem não me entendeu
Quero, assim como eu te espero
No verso de um bolero
Que já nos pertenceu
Olha, que mundo tão pequeno
O amor foi tão sereno
Me trouxe até você
Quero, te quero
Tanto que desespero
Feito Roma, feito Nero
Até você me perceber


capa do álbum Pedras Que Cantam de Fagner
Album: Pedras Que Cantam
Gravadora: RCA Records Label
Ano: 2010
Faixa: 17