fotos de Fagner

Fagner

Romântico, MPB

Cor Invisível

Fagner

Quando eu vejo a mocidade
Sonhando os seus amores
Pensam que tudo são flores
Mal sabem que isso é da idade

Brincam de amor almas puras
E eu que bem sei do que falo
Sei das vielas escuras
Da solidão e me calo

É que o amor é o perfume
De uma flor impossível
Que tem a cor invisível
E seu espinho o ciúme

Ai de quem bebe do rio
Dessa ilusão passageira
Sente um estranho frio
Tomar-lhe a alma inteira

É que o amor não se basta
Nunca ele é por inteiro
Onde o desejo se alastra
Sofre alguém prisioneiro

Quem inventou esta sorte
Olhou no olho da fera
Sonhou enganar a morte
Beijou mais uma quimera

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Borbulhas de Amor
  • 02 Deslizes
  • 03 Canteiros
  • 04 Romance no Deserto
  • 05 Retrovisor
  • 06 Revelação
  • 07 Cartaz
  • 08 Ave Noturna
  • 09 dezembros
  • 10 Noturno