fotos de Fagner

Fagner

Romântico, MPB

Ave Noturna

Fagner

Nenhuma ave noturna tão triste não pode ser
Eu sou igual ao deserto onde ninguém quer viver
Eu sou a pedra de ponta areia quente nos dedos
Eu sou chocalho de cobra incêndio no arvoredo
Eu sou vereda de espinhos seca flor no juazeiro
Fogueira do meio dia eu sou o tiro certeiro
Nenhuma ave deserta noturna não pode ser


Envie essa música para um amigo

Dois Ases
Album: Dois Ases
Gravadora: WM Brazil
Ano: 2003
Faixa: 5
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Borbulhas de Amor
  • 02 Deslizes
  • 03 Canteiros
  • 04 Eternas Ondas (Album Version)
  • 05 Canteiros (ao vivo)
  • 06 Saudade
  • 07 Cavaleiro Alado 'Gonzagão' (Cavaleiro Da Noite)
  • 08 Romance no Deserto
  • 09 Gente Humilde
  • 10 Revelação (Album Version)