Veio de repente com veneno de serpente
eu comi na sua mão me usou e jogou no chão
Cheio de ciúmes essa faca de dois gumes
que me corta pra valer sem ao menos perceber

Quando dei por mim já tava todo arrebentado
ferida que não cura coração ensanguentado
por você eu amei sem receber

Nada simplesmente nada
igual a um ser irracional cai na sua emboscada
É assim você vai pagar por ser ruim
vai encontrar um homem forte que vai se vingar por mim

Quando dei por mim já tava todo arrebentado
ferida que não cura coração ensanguentado
por você eu amei sem receber

Nada simplesmente nada
igual a um ser irracional cai na sua emboscada
É assim você vai pagar por ser ruim
vai encontrar um homem forte que vai se vingar por mim

E quando isso acontecer vou asistir de camarote
cada lágrima de choro cada tombo e cada corte
você vai ver o que é amar sem receber

Nada simplesmente nada
igual a um ser irracional cai na sua emboscada
É assim você vai pagar por ser ruim
vai encontrar um homem forte que vai se vingar por mim (bis)
publicidade