O Exército de um Homem Só, I

Engenheiros Do Hawaii

Não importa se só tocam
O primeiro acorde da canção
A gente escreve o resto em linhas tortas
Nas portas da percepção
Em paredes de banheiro
Nas folhas que o outono leva ao chão
Em livros de histórias
Seremos a memória dos dias que virão
Se é que eles virão

Não importa se só tocam
A primeira frase da canção
A gente escreve o resto sem muita pressa
Com muita precisão
Nos interessa o que não foi impresso
Mas continua sendo escrito à mão
Escrito à luz de velas quase na escuridão
Longe da multidão

Não importa se só ouvem
O primeiro nota da canção
A gente escreve o resto e o resto é resto
É falsificação
É sangue falso, bangue-bangue italiano
Suingue falso, turista americano
Livres desta história,
A nossa trajetória não precisa explicação
E não tem explicação

Somos um exército, o exército de um homem só
No difícil exercício de viver em paz
Somos um exército, o exército de um homem só
Sem fronteiras, sem bandeira
Pra defender, pra defender

Não interessa o que [?] da corte
Não interessa o que diz o rei
Se o jogo não há juiz
Não há jogada fora da lei
Não interessa o que diz o ditado
Não interessa o que o Estado diz
Nós falamos outra língua
Moramos em outro país

Somos kamikazes
Incapazes de ir à luta
Somos quase livres
Isto é pior do que a prisão

Somos um exército
O exército de um homem só
Um bando de vampiros
Que odeiam sangue

Sem fronteiras
Sem bandeira para defender
Somos um exército
O exército de um homem só

Nesse exército
No exército de um homem só
Todos sabem que tanto faz
Ser culpado ou ser capaz
Tanto faz

Envie essa música para um amigo

Infinita Highway
Album: Infinita Highway
Gravadora: RCA Records Label
Ano: 2016
Faixa: 47
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Negro Amor
  • 02 Infinita Highway
  • 03 Toda Forma De Poder
  • 04 Até O Fim
  • 05 Eu Que Não Amo Você
  • 06 Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones
  • 07 Depois De Nós
  • 08 O Exército de um Homem Só, I
  • 09 A Revolta Dos Dandis Part I
  • 10 Terra De Gigantes - Números (Live At Espaço Locall, São Paulo / 2004)