Nego,
Não despreza o tua nêga,
Não me deixa tão sozinha,
Do contrário eu vou morrer de dor.

Neguinho,
Se tu não téns compaixão,
Vou mandar fazer despacho
E conseguir teu coração.

Eu não vou me torturar
Se tu não me aceitares, não.
Há muito tempo tu devias entender
Que a tua vida é a razão do meu viver.
Diz meu nego, diz

(instrumental)

Eu não vou me torturar
Se tu não me aceitares, eu não.
Há muito tempo tu devias entender
Que a tua vida é a razão do meu viver.
Mas diz pretinho nego

Nego,
Não despreza o teu nêga,
Não me deixa tão sozinha,
Do contrário eu vou morrer de dor.

Nêga,
Se tu não téns compaixão,
Vou mandar fazer despacho
E conseguir meu bem teu coração.
publicidade