foto

Língua Solta

Elza Soares

Olha a rua tá vazia, é bom correr
Eu levantaria o sol até você
Some o dia, cai a noite fria
E o silêncio me arrepia

Vamos juntas que tem muito pra fazer
Sem fingir que dá, que dói, é só dizer
Somos duas nós e todas nós
Vamos levantar o sol

É dia de falar
E de ouvir também
Com medo de careta, dou a mão
E cala o horror
A cara feia, a noite escura
Que a coragem é língua solta e solução

É dia de encarar
O tempo e os leões
Se tudo é perigoso, solta o ar
Escuta a maré
A lua, o rádio, a previsão
Por nós só nós e um mundo inteiro pra gritar

Nós não temos mesmo sonho e opinião
Nosso eco se mistura na canção
Quero voz e quero o mesmo ar
Quero mesmo incomodar

Tem a voz que diz que não, não pode ser
Mas eu digo sim, que sim pro que eu quiser
Sexo, pelo, prego e futebol
Puta, presidente e cardeal

É dia de falar
E de ouvir também
Com medo de careta, dou a mão
E cala o horror
A cara feia, a noite escura
Que a coragem é língua solta e solução

É dia de encarar
O tempo e os leões
Se tudo é perigoso, solta o ar
Escuta a maré
A lua, o rádio, a previsão
Por nós só nós e um mundo inteiro pra grita
publicidade